Capa / AMEP

AMEP

A Associação dos Militares Estaduais da Paraíba (AMEP) surgiu em Setembro de 2011, com o objetivo unir forças no sentido de fazer valer os direitos de seus associados. Como todos nós sabemos, os governos estadual e federal têm uma dívida enorme com as instituições de segurança pública, especialmente as militares (Polícia Militar e Bombeiro Militar), uma série de descasos que a AMEP não vai deixar passar despercebida. Com coragem e compromisso, a nossa Associação tem denunciado as irregularidades que afetam o desempenho profissional e a dignidade pessoal dos nossos valorosos trabalhadores da segurança pública. Com imparcialidade e ética, abominamos qualquer tipo de negociata com gestões governamentais, realizando nossas mobilizações sempre dentro da legalidade e do interesse da categoria, independente de quem esteja no comando dos governos. Em Março de 2010, na gestão do então governador José Maranhão (PMDB), os diretores da AMEP foram linha de frente no movimento legal que ficou conhecido como “Paralisação das Viaturas”, que teve início em Campina Grande e se estendeu por todo o estado. No início de 2011, já no governo Ricardo Coutinho (PSB), a mesma equipe da AMEP montou acampamento na Praça dos Três Poderes, em João Pessoa, exigindo do governo o cumprimento da chamada “PEC 300 da Paraíba”, aprovada pela Assembleia Estadual da Paraíba e jamais cumprida pela gestão governamental. Desde que foi fundada, a nossa Associação tem sido, entre as militares, a mais combativa no que diz respeito aos direitos dos profissionais da segurança pública. Mesmo sem recursos financeiros (a contribuição dos associados só veio ser oficializada em janeiro de 2013, ou seja,15 meses depois de criada a Associação), por todo esse tempo temos ocupado espaços na imprensa para denunciar as irregularidades no repasse do “serviço extra”, a falta de efetivos e equipamentos de segurança, o descaso total nas guardas dos presídios e nos destacamentos, além da defasagem salarial dos nossos profissionais. Embora tenhamos nos destacado nessa sequência de lutas em prol da categoria, a AMEP não tem o intuito de dividir a tropa. Pelo contrário, nossa meta é unir forças com o máximo de entidades representativas possíveis, dentro e fora da segurança pública, para que possamos formar um só corpo – imbatível e inabalável – nas nossas reivindicações. O tempo de cobrarem pelo cumprimento dos nossos deveres é eterno. Chegou a hora de reconhecerem que nós também temos DIREITOS!

Bem vindos à AMEP!

Deixe uma resposta